terça-feira, 22 de junho de 2010

Quais os efeitos positivos que devem ser levados em consideração?


Secretário de Planejamento reafirma importância das usinas do Madeira, o secretário acredita que as usinas de Santo Antônio e Jirau (Complexo Rio Madeira) marca o inicio de um grande ciclo de desenvolvimento, onde o Brasil demonstra que é possível fazer o aproveitamento do potencial dos recursos hídricos, na geração de energia sem grandes impactos ambientais graças a utilização das turbinas de bulbo horizontal. Elas possibilitam a geração de energia elétrica através de um volume maior de água em movimento do rio do que por grandes quedas. Este sistema que será adotado nas usinas do rio Madeira provoca um índice menor de alagamento, em relação a potência gerada.

Para ele, é possível fazer o desenvolvimento sustentável, a efetiva ocupação do nosso Território, o aproveitamento de nossas riquezas e dos nossos recursos naturais com racionalidade e responsabilidade, obtendo melhor qualidade de vida para todos - (confira).

Outros defendem que usinas hidrelétricas é ainda um tipo de energia mais barata do que outras como a energia nuclear e menos agressiva ambientalmente do que a do petróleo ou a do carvão, por exemplo. A viabilidade técnica de cada caso deve ser analisada individualmente por especialistas em engenharia ambiental e especialista em engenharia hidráulica, que geralmente para seus estudos e projetos utilizam modelos matemáticos, modelos físicos e modelos geográficos.

Leia mais


sábado, 19 de junho de 2010

Resumindo textos...

Olha aí o 3º ano A - CEEJA/2010.
Estão resumindo 
partes relevantes 
de textos sobre as construções das 
Usinas Hidrelétricas em RO., para posts do blog.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Impactos ambientais com as construções de Usinas Hidrelétricas

 Porto Velho perderá suas famosas e belas corredeiras.


Veja o vídeo:

As centrais hidrelétricas geram, 
como todo empreendimento energético, 
alguns tipos de impactos ambientais como o alagamento das áreas vizinhas, 
aumento no nível dos rios
em algumas vezes pode mudar o curso do rio represado, 
podendo, ou não, 
prejudicar a fauna e a flora da região.

Leia mais sobre os impactos ambientais:

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Visita a Usina para conhecer e tirar foto informação

Mapa usina fio d'água Ávila
Os alunos do CEEJA Vilhena visitam a usina  hidrelétrica Ávila, em Vilhena, RO, e de sua subestação elevadora de 6,9-138 kV. 
A usina teria quatro turbinas Francis de 7,3 MW de eixo horizontal e geradores de 7,9 MVA; subestação elevadora, com dois transformadores de 18/24 MVA, com barra simples, duas entradas de 6,9 kV e duas saídas de 138 kV; sistema de controle da usina e da subestação do tipo digital distribuído. 

As atividades de projeto incluíram a definição, configuração funcional, arranjo físico e dimensiona­mento dos equipamentos e sistemas principais e auxiliares da usina e da subestação, bem como a especificação (textos e desenhos) para aquisição dos equipamentos.



http://www.sondotecnica.com.br/cases.show.logic?cases.id=447

terça-feira, 8 de junho de 2010

Usina de Samuel em Rondônia


O Governo Federal implantou em 1973 as Centrais Elétricas do Norte do Brasil (Eletronorte), para coordenar o projeto básico de instalação de uma usina na Cachoeira de Samuel, no Rio Jamari. No ano seguinte, o general Ernesto Geisel assume a Presidência da República e faz o lançamento do II Plano Nacional de Desenvolvimento (II PND). Estes dois fatos viriam contribuir para reforçar o papel das Centrais Elétricas Brasileiras (Eletrobrás), determinando novos rumos para o planejamento da expansão dos sistemas elétricos, principalmente, no Norte do País.
Em Rondônia, o crescimento na demanda de energia aliada a explosão demográfica, uma conseqüência do intenso fluxo migratório gerado pelo povoamento na Amazônia, gerava problemas energéticos. No Acre era necessário substituir os parques térmicos, considerados obsoletos e onerosos.a Usina de Samuel, depois de instalada, seria responsável pela geração e distribuição de energia para Porto Velho e Rio Branco.
As Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron) foi instalada no governo de Jorge Teixeira e era responsável pela distribuição de energia gerada na Usina III, termoelétrica e diesel, para apenas alguns bairros da Capital. O crescimento econômico no interior era impedido pela geração precária de energia que não favorecia a implantação de indústrias e comércios. Por determinação do governador Jorge Teixeira, a Eletronorte assume em 81 a geração de energia em Porto Velho. A construção de Samuel já havia sido iniciada pela construtora Norberto Odebrecht, encarregada pela Eletronorte da obra.
A instalação da usina de Samuel foi uma das muitas realizações de Teixeirão para o desenvolvimento de Rondônia. O presidente da Eletronorte, José Antônio Muniz Lopes, destacou, durante as festividades dos 10 anos de Samuel, em outubro último, a importância decisiva da atuação de Jorge Teixeira para que o projeto da usina não ficasse somente no papel.

Os moradores de Porto Velho viviam momentos críticos. Estávamos na fase dos racionamentos constantes de energia na  Capital, que causaram grandes prejuízos a população. As reclamações de queima de eletrodomésticos, ocasionadas pelas oscilações de energia e queda de tensão eram diárias. A comunidade passou até a brincar com a situação. Os migrantes oriundos principalmente do Sul e Centro-Oeste do País eram os que mais padeciam com o problema de racionamento, porque, não haviam presenciado nada parecido em suas cidade de origem. O portovelhense recebia o fornecimento de energia durante três horas, ficando em seguida duas horas sem o serviço. Isso se repetia durante o decorrer do dia.
O problema se agravava ainda mais no mês de agosto, durante o verão, quando o consumo era maior e provocava o superaquecimento das máquinas, tendo como conseqüências as famosas “panes”, características da demanda de energia reprimida.
Com a responsabilidade de gerar energia para Porto Velho, a Eletronorte ficou sobrecarregada. O projeto inicial da instalação da Usina de Samuel, ela deveria suprir energeticamente as capitais de Rondônia e Acre, somente depôs de finalizada e não em sua primeira fase de construção, como realmente aconteceu.

Tudo sobre a Usina Santo Antonio no Rio Madeira:
http://www.santoantonioenergia.com.br/site/portal_mesa/pt/home/home.aspx

sábado, 5 de junho de 2010

Simulado

 Simulado de HISTÓRIA E GEOGRAFIA DO BRASIL / HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE RONDÔNIA
Questão de concurso 5594
1 .(TCE-RO, Cesgranrio - Técnico em Informática - 2007) A região do atual Estado de Rondônia passou a integrar oficialmente a colônia portuguesa na América somente em 1750, quando foi firmado o Tratado de Madri, cuja base para determinações acerca de territórios foi o princípio do uti possidetis, segundo o qual: 
A ) a aquisição dos territórios reivindicados só pode ser realizada através da compra.
B ) as terras situadas às margens dos rios Guaporé e Mamoré passam a pertencer aos proprietários das minas de Potosi.
C ) os territórios anteriormente ocupados pelos espanhóis ficam protegidos por expedições marítimas e terrestres.
D ) os territórios devem pertencer a quem realmente os ocupa.
E ) todos os acidentes geográficos devem alterar sua denominação, se mudarem os proprietários dos respectivos territórios.
       
Questão de concurso 5607
2 .(SEDUC-RO, Funrio - Professor - 2008) Com relação ao fuso horário, quantas horas a “Hora de Rondônia” está atrasada em relação a “Hora de Greenwich”? 
A ) 1 hora.
B ) 2 horas.
C ) 3 horas.
D ) 4 horas.
E ) 5 horas.
       
Questão de concurso 5620
3 .(SEJUS-RO, Funrio - Agente Educador - 2008) De forma geral, pode-se afirmar que o relevo do estado de Rondônia é: 
A ) pouco acidentado, sem grandes elevações ou depressões.
B ) muito acidentado, possuindo grandes elevações que beiram os 2.000 metros.
C ) relativamente acidentado, possuindo grande número de elevações com média de 1.000 metros.
D ) não possui quaisquer acidentes geográficos.
E ) relativamente acidentado, com preponderância de picos e montanhas.
       
Questão de concurso 5627
4 .(Corpo De Bombeiros - RO, Funcab - Soldado - 2008) A produção de leite no estado de Rondônia e responsável pelo aquecimento da economia de muitos municípios, sendo a microrregião considerada a maior produtora do estado, dentre as abaixo apresentadas: 
A ) Costa Marques;
B ) Guajará-Mirim;
C ) Itapuã do Norte;
D ) Ji-Paraná;
E ) Presidente Médici.
       
Questão de concurso 5640
5 .(PM-RO, Funcab - Soldado - 2008) No dia 22 de dezembro de 1981 o então Presidente da República, João Batista de Figueiredo, cria o Estado de Rondônia e, no dia 4 de janeiro de 1982 instalou-se o mais novo estado da União, e empossado como primeiro governador o: 
A ) Sr. Francisco Paiva;
B ) Sr. Francisco Chiquilito Coimbra Erse;
C ) Sr. Ângelo Angelim;
D ) Coronel Jorge Teixeira de Oliveira;
E ) Deputado Áureo Melo.
       
Questão de concurso 5660
6 .(IDARON-RO, Funcab - Fiscal de Defesa Sanitária - 2008)
“Nas palavras e atos do passado jaz oculto um tesouro que o homem pode utilizar para fortalecer e elevar o seu próprio caráter. O estudo do passado não deve se limitar a um mero conhecimento da história, mas deve, através da aplicação desse conhecimento, procurar dar atualidade ao passado.”
(I Ching, livro-base milenar chinesa).
Procurando “dar atualidade ao mapa” (abaixo), Portugal e Espanha ao “partilharem” o Novo Mundo entre ambas as Coroas, celebraram o Tratado de Tordesilhas (1494). Conforme o acordo, coube a Portugal as terras situadas a leste daquela linha imaginária e à Espanha, as situadas além dela. Até que, com a União Ibérica (1580 - 1640), os bandeirantes chegaram às terras que hoje formam Rondônia.

A importância da região Amazônica tornava-se cada vez maior, pois a facilidade de penetração no território, por meio de seus rios, permitia a ligação com as colônias espanholas. Era necessário, no entanto, evitar que a região ficasse aberta aos estrangeiros.
Assinale a alternativa correta: 
A ) o governo da União Ibérica (1621) criou o estado do Maranhão e Grão-Pará para inibir a ação de estrangeiros;
B ) o novo governo unificado criou, em 1621, o estado do Grão-Pará para garantir a posse dessas terras;
C ) para evitar a presença estrangeira na região, a União Ibérica, em1621, criou o estado do Maranhão;
D ) como forma de repelir a presença estrangeira na região, o novo governo criou, em 1621, o estado de Grão-Pará e Amazonas;
E ) com o objetivo de evitar a ação de piratas estrangeiros na Amazônia, em 1621, o governo da União Ibérica criou os estados do Amazonas e Maranhão.
       
Questão de concurso 5673
7 .(SESAU-RO, Funcab - Técnico em Enfermagem - 2009) A construção da ferrovia Madeira-Mamoré, situada no Estado de Rondônia, beneficiou o Brasil e outro país da América do Sul. Este país é: 
A ) Bolívia;
B ) Peru;
C ) Chile;
D ) Paraguai;
E ) Argentina.
       
Questão de concurso 5680
8 .(SESAU-RO, Funcab - Assistente Administrativo - 2009) A construção da ferrovia Madeira-Mamoré, onde hoje é o Estado de Rondônia, resultou de um acordo feito entre Brasil e Bolívia em 1903. Esse acordo ficou conhecido como o Tratado: 
A ) de Guaporé;
B ) da Amizade;
C ) de Navegação;
D ) Amazônico;
E ) de Petrópolis.
       
Questão de concurso 5706
9 .(EMDUR-RO, FJPF - Almoxarife - 2008) O ecossistema que corresponde ao estado de Rondônia apresenta o domínio dos seguintes tipos de vegetação: 
A ) Floresta Amazônica e Cerrado
B ) Mata de Araucária e Pantanal
C ) Floresta Tropical e Campos
D ) Mata dos Cocais e Savana
E ) Mata Atlântica e Caatinga
       
Questão de concurso 5713
10 .(MP-RO, Cesgranrio - Analista Contábil - 2005) Bastante polêmica e criticada no Brasil, a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré tornou-se fundamental para a formação sociopolítico-econômica de Rondônia, mas não atingiu os objetivos para os quais fora construída. Todas as opções estão associadas ao período conhecido como “erradicação da Madeira-Mamoré”, EXCETO: 
A ) a falta de infra-estrutura viária entre Brasil e Bolívia.
B ) a presença de novas frentes agrícolas.
C ) a abertura de novas estradas de rodagem em território nacional.
D ) o declínio do ciclo da borracha.
E ) os altos custos de operacionalização da estrada de ferro.
 
    


GABARITO
1. D
2. D
3. A
4. D
5. D
6. A
7. A
8. E
9. A
10. B

quinta-feira, 3 de junho de 2010

terça-feira, 1 de junho de 2010

O que é Usina Hidrelétrica e como é produzida a energia??


Uma usina hidrelétrica  ou central hidroelétrica é um complexo arquitetônico, um conjunto de obras e de equipamentos, que tem por finalidade produzir energia elétrica através do aproveitamento do potencial hidráulico existente em um rio.
Dentre os países que usam essa forma de se obter energia, o Brasil se encontra apenas atrás do Canadá e dos Estados Unidos, sendo, portanto, o terceiro maior do mundo em potencial hidrelétrico.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...